Monthly Archives: October 2009

Dia de Halloween

halloween

Dia 31 de outubro, dia de Halloween. Difícil não falar deste tema, já que neste dia o número de visitas deste blog aumenta consideravelmente e a associação com gatos pretos é inevitável… escrevi sobre a origem celta desta tradição em 2007, e fiz um acréscimo de informação sobre gatos pretos e o Halloween em 2008.

Hoje deixarei aqui minha sincera opinião:
Não há como importar uma data comemorativa com fundamentos numa tradição de inverno para o Brasil, um país tropical e em plena primavera no mês de outubro! Halloween é uma celebração antiga que simboliza o recolhimento espiritual e o armazenamento de alimento num período rigoroso em que o frio se faz presente nos próximos 4 meses nos países do norte. É bonitinho ver as crianças fantasiadas de bruxa nas ruas ou atender a porta e dar docinhos aos pequenos, mas seria muito mais interessante se o Brasil comemorasse a data na estação apropriada, ensinando o verdadeiro propósito de tal acontecimento.

O que fica, então, é admirar as belas gravuras vintage que ilustram este dia.

Book is power

book-is-power

A ilustração acima é do designer gráfico e ilustrador inglês Andy J. Miller. Com a ajuda do The Yellow Bird Project, Andy desenvolveu seu projeto de conclusão de curso em um livro publicado internacionalmente com o título de “The Indie Rock Coloring Book”, no qual cada página do livro tem uma coloração diferente, referenciando diversas bandas de rock indie.

Vale à pena uma visita no site e flickr do ilustrador.

Colhido em: public school

New York em tipos

new york, new york

Esta são imagens de um anúncio de 60 segundos para o lançamento da edição gratuita (versão turca) do The New York Times, veiculado junto à edição de domingo do jornal Sabah, na Turquia.

São versões tipográficas dos monumentos mais conhecidos em Nova York e Istambul. Páginas reais desde o primeiro número do jornal foram usadas para criar as texturas utilizadas nas cenas. A página de notícias financeiras tornou-se NYSE e Wall Street, notícias de entretenimento se transformou em Times Square, e assim por diante.
Veja aqui o resultado.
ny-istanbul

Colhido em: ministryoftype

Blue Bell Foundation

blue-bell

Esta é a The Blue Bell Foundation for Cats, um paraíso para felinos aposentados! A fundação abriga cerca de 50 gatos, todos bem instalados numa casa aconchegante com pátio ao ar livre. Ao todo são 2 hectares, e para gatos com necessidades especiais há uma casa em anexo. Alguns gatinhos vão para lá porque seus companheiros humanos morreram. A maioria viverá o resto de suas vidas na instituição e somente alguns estão disponíveis para adoção.

A Blue Bell fornece uma solução alternativa para um abrigo tradicional e a maioria dos gatos que estão lá não é capaz de se readaptar fora dela. Esta é uma casa que fornece um ambiente livre de gaiolas, onde os gatos ficam em aconchegantes cestas para dormir tem e altas prateleiras para escalar. Lá eles recebem uma dieta de qualidade, convivem com voluntários amorosos que visitam a instituição e recebem cuidados veterinários para a prevenção e tratamento de necessidades médicas.

A Blue Bell iniciou na década de 60, quando Bertha Gray Yergat abriu sua casa como um abrigo temporário para cuidar dos gatos de amigos. Bertha amava demais os animais, principalmente gatos, e preferia levá-los consigo ao invés de vê-los em abrigos. Para garantir a assistência continuada após sua morte, Bertha estabeleceu um conselho de administração, e em 1989 a Blue Bell se tornou uma fundação que sobrevive com a generosidade dos cidadãos em causa solidária. O pequeno fundo que Bertha deixou após sua morte foi utilizado após um deslizamento de terra que destruiu sua antiga casa em 1998. Hoje, os novos habitantes felinos devem ter um patrocinador  para apoiar seus cuidados continuados.

“Blue Bell” é o nome de um dos gatos de Bertha, que usava um sino azul em volta do pescoço. Abaixo, conheça a fundação e alguns dos gatos felizes que vivem lá:

Colhido em: SOS Gatinhos
Não abandone seu animal. Proteja-o assim como você gostaria que fosse protegido.

Múmia de gato

mumia-de-gato

Museu do Brooklyn desenvolve pesquisa sobre múmias de animais.

Durante meses de pesquisa, o laboratório de conservação do Brooklyn Museum está examinando os raios-x de sua coleção, que consistem em 60 animais ao todo. Recentemente, o museu conta com a ajuda do Dr. Anthony Fischetti, radiologista do The Animal Medical Center que chegou ao museu especificamente para examinar radiografias de múmias de gatos.

Faz parte da coleção a múmia de um gato jovem, envolvido com simples peças de roupas para gatos maiores, com padrões muito complexos de linho tingido e cortado em finas tiras. Os invólucros e caixões, quando presentes, representam uma enorme variedade de estilos e níveis de complexidade. Seus caixões podem ser simples caixas de pedra com desenhos policromados, com desenhos na madeira em forma de gatos sentados ou com elaborada decoração policromada e dourada.

Ao analisar as radiografias, os veterinários foram capazes de confirmar que os animais eram gatos, bem como nos dar informações sobre a possível idade do felino. Dependendo do tamanho e forma do crânio e dentes, indicaram se o gato mumificado era de uma espécie de gato doméstico (Felis silvestris) ou uma espécie selvagem (Felis chaus). Quanto mais instituições estudarem suas coleções de múmias de animais antigos, mais perguntas surgirão a respeito dos diferentes estilos de mumificações e das espécies de animais mumificados.

Na sequência das pesquisas, o Departamento de Medicina Veterinária da Universidade da Califórnia coordena o projeto Genoma Felino, que estuda o antigo DNA dos felinos e o que ele pode nos dizer sobre a atual população de gatos domésticos.

– – – –

Adaptado daqui.

Berlin guide

warschauer_bruecke_radlerin

Um desconhecido (ou desconhecida) que leva sua câmera para todos os lugares de Berlim. Uma foto por dia, da Warschauer Brücke à Friedrichstraße Bahnhof, da Alexanderplatz à Yorckstraße. A pé ou de metrô, todos são os pontos de partida para sentir e descobrir a capital da Neues Deutschland.

Se você também é aficcionado por esta cidade tanto quanto eu, visite o site Berlin Guide.

schlesischermorgen