Monthly Archives: December 2008

O Gato Chinês

o gato chinesLivro sempre é um bom presente, e nesta semana um livro me encontrou: O Gato Chinês (editora Landscape), escrito por Kwong Kuen Shan. Logo na introdução, uma surpresa: a autora revela que tinha fobia de gatos e nunca teve um gato até seis anos atrás, quando um gato a adotou. Certo dia seu vizinho se mudou e levou consigo seus gatos, mas um deles sempre voltava para o lugar onde vivera. Pela quarta vez, Shan resolveu ficar com o gato e a partir deste momento sua história com os felinos começou…

A autora, que estudou literatura clássica, caligrafia e história chinesa quando criança em Hong Kong, também assina a maioria das pinturas do livro. Executadas com ferramentas e materiais chineses, as pinturas têm técnicas livres e também meticulosas, numa elaboração refinada para captar a personalidade e o espírito do gato, que ilustram os textos e ensinamentos orientais.

Publicado originalmente como The Cat and the Tao, de acordo com Shan, o livro não se refere ao Taoísmo em si. O Tao é usado como o caminho rumo à sabedoria e à inspiração, a direção de uma viagem do início ao fim:

Ela se refere à forma como procuramos pela verdade, como nós nos conduzimos. Significa observar as leis da natureza, viver em harmonia com os outros seres vivos e separar o que é importante à vida e o que é apenas um acessório.”

Abaixo: Serenata de Outono, de Kwong Kuen Shan.

serenata de outono

Querido leitor, desejo ótimas festas e um ótimo 2009! Até logo!